VUVUZELAS PREJUDICAM A AUDIÇÃO

As vuvuzelas, conhecidas no Brasil como cornetas ou cornetões, foram a febre da Copa de 2010 na África do Sul e tomaram conta dos torcedores em todos os estádios, principalmente como meio de se comemorar os gols. Porém, na hora da empolgação, o barulho pode causar estresse e danos permanentes aos ouvidos, mesmo em locais abertos.

O barulho originado pelas vuvuzelas é muito prejudicial à audição por produzir um ruído de 127 dB, ultrapassando o limite de 85 dB, nível de ruído a partir do qual já colocaria os torcedores em risco. É importante que se fique atento a qualquer alteração na sensibilidade auditiva: por exemplo, zumbido contínuo no ouvido é um dos sinais de perda da audição.

Quanto às crianças, os cuidados devem ser ainda maiores. O barulho em excesso pode causar irritação, choro e, principalmente, um forte zumbido no ouvido, que não é identificável pelas crianças e que os pais não percebem. Nesses casos, a melhor solução é mantê-las longe dos ruídos.

No entanto, há vários dispositivos de proteção auditiva, como plugues de espuma e faixas abafadoras de som, que podem ajudar a proteger os torcedores.

Dúvidas para: fgafernanda@gmail.com

FERNANDA FERREIRA – CRFa 11161
Bacharel em Fonoaudiologia pela UFRJ, Pós-graduada em Psicomotricidade pela UCAM, Mestre em Psicologia pela UFRJ.
Telefone: 8152-9333 / 7852-0977

P A T R O C I N A D O R E S
Quem Somos | Fale Conosco | Anuncie Aqui
© Copyright 2013