AMAMENTAÇÃO

O leite materno é o melhor leite que existe. Até os 6 meses de idade nada além dele deve ser oferecido ao bebê porque:
- é de fácil digestão para o bebê, não sobrecarregando seu organismo;
- protege o bebê da maioria das doenças;
- fortalece o vínculo mãe-bebê;
- protege a mãe de possível grande perda de sangue pós-parto;
- diminui as chances da mãe ter câncer de mama e ovário.

Não existe leite fraco e sim diferença de coloração de acordo com a fase: o primeiro leite chama-se colostro, leite concentrado, nutritivo e com muitos anticorpos: é a primeira vacina do bebê. Este mesmo leite, além de dar proteção, ajuda a treinar o jeito de mamar. Com o passar do tempo, há produção de leite adequado às necessidades e à idade do bebê, mudando de aparência conforme a duração da mamada: no início ele é mais aguado e no final da mamada é mais gorduroso.

Para se ter boa produção de leite é necessário que o bebê mame quanto tempo e quantas vezes ao dia quiser, assim como a mãe deve beber bastante líquido, com exceção de bebidas achocolatadas e que contenham cafeína.

Durante a amamentação, a mãe deve estar confortável, o bebê deve ser posicionado de frente para o peito, encostando sua barriguinha na barriga da mãe, tendo seu bumbum apoiado pela mãe da mãe. Ao mamar, o bebê deve pegar toda ou a maior parte da aréola, evitando que traumas como fissuras aconteçam e, assim, facilitando o esvaziar da mama.

Lembrem-se sempre: amamentar é um ato de amor.

Dúvidas para: fgafernanda@gmail.com

FERNANDA FERREIRA – CRFa 11161
Bacharel em Fonoaudiologia pela UFRJ, Pós-graduada em Psicomotricidade pela UCAM, Mestre em Psicologia pela UFRJ.
Telefone: 8152-9333 / 7852-0977

P A T R O C I N A D O R E S
Quem Somos | Fale Conosco | Anuncie Aqui
© Copyright 2013