COMO AJUDAR SEU FILHO A ADQUIRIR A FALA

“Mamã vai pegar aguinha” ou “Neném quer dedeira?” são alguns dos modos de falar de muitos pais com seus filhos quando eles são pequenos e estão aprendendo a falar. Isso é um erro: as crianças aprendem por imitação e nós, adultos, somos seu exemplo. Então, se falarmos errado, as crianças aceitarão aquela fala como correta e a repetirão.

Então, como ajudar as crianças a adquirir a fala corretamente? Como nas frases mencionadas acima, os adultos devem falar bastante com a criança, de forma clara e devagar, sempre de frente para a criança se possível. Por exemplo, enquanto trocar as roupas, ir nomeando cada ação, cada peça de roupa: “Vamos colocar a blusa. A cabeça, um braço, outro braço...”. Brincar de esconde-esconde com toalhas ou até as mãos também é um ótimo incentivo: “Cadê __ (dizer o nome da criança)? Achei!”. Facilitar inicialmente as palavras a serem usadas, como nomear “au-au” para “cachorro”, “sapato” para qualquer sapato que ela vá usar é um ótimo início.

Responder aos balbucios iniciais dos bebês é de suma importância, pois será nessa fase que eles perceberam, mesmo que inconscientemente, que se uma pessoa fala com eles, eles devem responder. Além disso, sempre que a criança tentar falar, incentivá-la, nunca repreendê-la quando errar. No erro, corrigi-la sem que ela perceba: “ ‘Aga.’ ‘Água! Vamos pegar água!’ ”. Também é importante não completar sua palavra ou frase quando estiver falando. Paciência é fundamental nessa fase de aquisição de fala.

Dúvidas para: fgafernanda@gmail.com

FERNANDA FERREIRA – CRFa 11161
Bacharel em Fonoaudiologia pela UFRJ, Pós-graduada em Psicomotricidade pela UCAM, Mestre em Psicologia pela UFRJ.
Telefone: 8152-9333 / 7852-0977

P A T R O C I N A D O R E S
Quem Somos | Fale Conosco | Anuncie Aqui
© Copyright 2013