DISTÚRBIO ESPECÍFICO DE LINGUAGEM

O Distúrbio Específico de Linguagem (DEL) é um quadro que pode ser percebido em crianças a partir dos 2 anos de idade. É de origem genética, apesar de ainda não se ter conseguido associá-lo a um gene específico.

Apesar de pouco conhecido, tal patologia tem prevalência alta. Ao afetar a aquisição e o desenvolvimento da linguagem, pode ser confundida inicialmente com autismo, por exemplo, devido a diversos fatores:

- demora a falar;
- fala palavras, mas não formula frases;
- troca sons na fala;
- demora a aprender a ler;
- tem vocabulário restrito;
- é difícil compreender quando fala.

Infelizmente as crianças com alterações na linguagem não são encaminhadas na idade certa para terapia fonoaudiológica, acreditando que, com o passar do tempo, tal desenvolvimento seja recuperado. No entanto, é importante frisar que já se observa crianças de 1 ano já emitem suas primeiras palavras.

O DEL não tem cura. O indivíduo sempre apresentará dificuldades em atividades mais complexas, mas com a reabilitação fonoaudiológica, a pessoa aprenderá mecanismos para levar uma vida normal, alcançando um aprendizado satisfatório.

O mais importante nesse quadro é o diagnóstico precoce, onde pais e professores devem estar atentos aos sinais citados anteriormente.

Dúvidas para: fgafernanda@gmail.com

FERNANDA FERREIRA – CRFa 11161
Bacharel em Fonoaudiologia pela UFRJ, Pós-graduada em Psicomotricidade pela UCAM, Mestre em Psicologia pela UFRJ.
Telefone: 8152-9333 / 7852-0977

P A T R O C I N A D O R E S
Quem Somos | Fale Conosco | Anuncie Aqui
© Copyright 2013